Usar wi-fi alheio sem permissão vira crime na Arábia Saudita » Rede Acontece
Últimas
17-11-2018 » Mensagem circulando nas redes é falsa | Não é verdade que cédulas de US$ 100 perderão o valor em 2019 17-11-2018 » Estilo agrada Bolsonaro | Brasil tem condições de adotar a política externa agressiva de Trump? 17-11-2018 » Caravana tenta entrar nos EUA | O dia em que 12 mil migrantes chegaram à Cidade do México 17-11-2018 » Resgate ainda não foi definido | Localização de submarino argentino deixa parentes de tripulantes 'chocados' 17-11-2018 » Fogo avança nos EUA | Incêndios na Califórnia deixam mais de 70 mortos e 1.000 desaparecidos 17-11-2018 » Mandou suspender pagamento | Decisão de Gilmar sobre planos econômicos é alvo de petições no STF 17-11-2018 » A partir de R$ 80 mil | Salão de SP: como é dormir no Mitsubishi L200 Motorhome? 17-11-2018 » Foco total | 36 aviões por hora: a rotina na torre de controle de Congonhas 17-11-2018 » Falou de Bolsonaro | Silvio não sabia da participação de Lula no Teleton 2008, diz SBT 17-11-2018 » Procurando emprego? | Currículo que funciona é enxuto, em tópicos e sem nenhum enfeite 17-11-2018 » Apresentador na ESPN | Luciano Amaral já foi "herói do Tetra" e pioneiro de eSports 17-11-2018 » Novo governo | Culto e 2 cerimônias: o que já se sabe sobre a posse de Bolsonaro 17-11-2018 » Programa fica sem cubanos | Será difícil repor 10 mil vagas, diz ex-chefe do Mais Médicos 17-11-2018 » Equipes fazem escoramento | Prefeitura de SP reduz risco de desabamento de viaduto que cedeu 17-11-2018 » Amistoso Brasil x Uruguai | Neymar repete com Cavani e Suárez afagos e rusgas da vida pessoal
Publicidade
3 de junho de 2016

Usar wi-fi alheio sem permissão vira crime na Arábia Saudita

Imagem Reprodução

Imagem Reprodução

Usar o wi-fi de uma outra pessoa sem sua permissão, na Arábia Saudita, pode ser considerado crime. É o que determina uma nova fatwa, pronunciamento legal sempre emitido por um jurista religioso (o mufti) em países islâmicos, expedida recentemente por um intelectual saudita. Segundo Ali Al Hakami, responsável pela “opinião legal”, usar a conexão de internet privada de alguém sem a autorização tem que ser extremamente proibido já que, de acordo com as leis islâmicas, roubo não pode ser tolerado. “Tirar vantagem do serviço wi-fi ilegalmente ou sem que os outros beneficiários ou proprietários saibam não é permitido”, disse o saudita, que ainda explicou que usar a conexão de internet pública de locais como parques, cafeterias e hotéis não tem problema. A medida pareceu, para muitas pessoas, inclusive religiosos que moram no país, como exagerada e desnecessária. No entanto, a emissão de fatwas semelhantes a essas já é comum na Arábia Saudita e em outras nações islâmicas. Na Indonésia, por exemplo, alguns emojis que eram LGBT-friendly foram proibidos de serem usados por um grupo religioso local. (Ansa)


VOLTAR