Vai viajar? Fique atento ao combate ao Aedes durante a viagem » Rede Acontece
Últimas
18-01-2019 » Caso Daniel | Âncora acusado de fake news por família Brittes é chamado a depor 18-01-2019 » Questão de higiene | Tem problema ter lixo na pia ou aumenta risco de bactérias? 18-01-2019 » Jack estava internada | Ginasta brasileira que defendeu seleção morre aos 17 anos 18-01-2019 » Defensora dos animais | Luisa Mell: 'Pode ter mulher agredida onde tem bicho apanhando' 18-01-2019 » Acordo com pai dela | Felipe Neto pagará 'acompanhamento psicológico' a Melody 18-01-2019 » Exclusivo | Funcionária que disparou WhatsApp para Bolsonaro ganha cargo no Planalto 18-01-2019 » Investigação contra Queiroz | Ministro do STF afirma que pedido de Flávio foi 'confissão de culpa' 18-01-2019 » Ex-ministro de Temer | Bolsonaro escolhe general Silva e Luna para ser o diretor-geral de Itaipu 18-01-2019 » Medidas econômicas | Auxílio-reclusão e pensão por morte vão passar por pente-fino; entenda 18-01-2019 » Educação | Governo suspende nomeação de diretor para coordenar Enem 18-01-2019 » Relações com o país vizinho | Bolsonaro cita PT e diz que Brasil tem culpa em crise na Venezuela 18-01-2019 » Atacante do Santos | Fla encaminha acerto com Bruno Henrique por R$ 23 milhões 18-01-2019 » Copa São Paulo | SP bate Cruzeiro nos pênaltis e pega Guarani na semifinal 18-01-2019 » Ex-comandante do Exército | Símbolo de superação, Villas Bôas traz voz moderada ao Planalto 18-01-2019 » Para descobrir o que têm | Pessoas com doenças misteriosas buscam 'detetives' nos EUA 18-01-2019 » Salão de Detroit | Nissan revela que futuro Versa será 'surpreendente como o Kicks'
Publicidade
23 de janeiro de 2016

Vai viajar? Fique atento ao combate ao Aedes durante a viagem

Imagem Reprodução

Imagem Reprodução

Em tempos de dengue, Chikungunya e Zika, em todo o território nacional, alguns cuidados são essenciais para que a sua viagem de férias ou para curtir o carnaval seja inesquecível e proporcione somente boas recordações. Por isso, fica a dica: é importante levar na bagagem repelente e inseticida para evitar o contato com o mosquito Aedes aegypti, que transmite estas doenças. “Estamos recebendo muitos pacientes na Secretaria de Saúde, com relato de que viajou e voltou com dengue. Então, o que orientamos, além de utilizar o repelente e o inseticida, são os mesmos cuidados que se deve ter em casa: eliminar água parada em qualquer lugar que esteja”, explica a coordenadora de Endemias, Poliana Gonçalves. Outro cuidado, lembra Poliana, é o de observar o quintal antes de viajar. “Observe se não está deixando para trás nenhum vasilhame destampado que possa acumular água. Também é importante que você observe em retorno para Conquista se não está deixando no lugar que você se hospedou algum criadouro do mosquito. Se todos fizerem a sua parte, conseguiremos eliminar o mosquito”. Caso você sinta algum dos sintomas proporcionados por essas doenças, como febre alta, dores por todo o corpo, coceira, dor atrás dos olhos, manchas vermelhas pelo corpo, procure a unidade de saúde mais próxima de sua casa. Até o dia 20 de janeiro, foram notificados 180 casos suspeitos para dengue, 5 para Zika e nenhum suspeita para Chikungunya. Todos aguardam o resultado.


Tags:
VOLTAR