Vendas de veículos seminovos caem 12% na Bahia, aponta associação » Rede Acontece
Últimas
23-09-2018 » Renda mínima ajuda a empreender | Autor holandês defende a utopia do dinheiro de graça para todos 23-09-2018 » Lança livro no Brasil | 'Melhor jeito de se rebelar é ser conservador', diz paladino gay de Trump 23-09-2018 » Os mascates do Rio | Periferia sem crédito mantém vendedor de porta em porta 23-09-2018 » Brasileirão | SP empata com América-MG; veja gols 23-09-2018 » Reta final | Presidenciáveis intensificam campanha perto do 1º turno 23-09-2018 » Associação com PT | Doria ataca Márcio França com imagem do governador obeso 23-09-2018 » "Mesmo comportamento" | Ciro compara parte do PT a "fascistas de direita" 23-09-2018 » Incendiário | Conheça o homem que tentou parar a Renascença 23-09-2018 » Mudança comportamental | Síndrome do Pequeno Poder: veja como lidar com o problema 23-09-2018 » Abalo mental | Discriminação na infância influencia saúde de jovens 23-09-2018 » Saiba como | Latam ajuda cliente saber se mala tem tamanho certo 23-09-2018 » Venda recorde | Carro popular evolui e atende pessoas com deficiência 23-09-2018 » Alexandra Gurgel | 'Homens querem a gorda na cama, mas ninguém pode saber' 23-09-2018 » Ex-ministro de Itamar | Eleição não acabará com crise, diz Ricupero 23-09-2018 » Intervenção federal | Rio tenta gastar melhor R$ 1 bi em material da polícia 23-09-2018 » Educação | Ensino ruim piora desigualdade e violência 23-09-2018 » Resposta a Bolsonaro | Alckmin: "Covardia é desrespeitar mulher, negro, pobre" 22-09-2018 » Viagem de filho | Bolsonaro mobilizou Itamaraty para resolver assunto pessoal em 2011 22-09-2018 » Não é só fast-food | Shoppings de São Paulo ganham restaurantes famosos 22-09-2018 » Espanhol | Real vence Espanyol com VAR e Marcelo e Bale poupados
Publicidade
12 de julho de 2018

Vendas de veículos seminovos caem 12% na Bahia, aponta associação

Foto Rede Acontece

As vendas de veículos seminovos e usados caíram cerca de 12% no comparativo entre os meses de maio e junho deste ano, na Bahia. O decréscimo acompanha o cenário da região Nordeste, que também apresentou uma redução de 11,3% no comércio de automóveis, veículos comerciais leves, pesados, motocicletas e outros. Os dados são da Federação Nacional das Associações de Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto), que aponta, ainda, que, no estado da Bahia, as motocicletas e outros tipos de veículos foram os menos comercializados, com redução de 13% na procura. A Associação dos Revendedores Independentes de Veículos (Assoveba) atribui o declínio no comércio deste tipo de veículo à paralisação dos caminhoneiros, deflagrada no final de maio e que durou cerca de duas semanas. “Os meses de maio e junho foram atípicos para a revenda de veículos em todo o Brasil, mas, no Nordeste, a situação foi ainda mais grave. Nestes meses, geralmente, as pessoas buscam trocar de carro por causa das viagens de São João. Neste ano, no entanto, o cenário mudou completamente e fomos surpreendidos pela queda das vendas por causa da greve dos caminhoneiros, que afetou diretamente no poder de compra da população”, afirmou a presidente da Assoveba, Daniela Peres.

Estados

Ainda segundo os dados da Fenauto, a Bahia foi o terceiro estado que apresentou queda mais significativa nas vendas de seminovos, ficando atrás apenas de Sergipe (17,6%), Rio Grande do Norte (17%) e empatando com Pernambuco. Os veículos usados “velhos” (com 13 ou mais anos de fabricação) foram os menos vendidos, com queda de 13,3% na procura, entre maio e junho, na Bahia. Os usados “maduros” (de 9 a 12 anos) foram os que apresentaram a menor queda (9,2%).


VOLTAR