Vereador quer impedir ‘apologia à violência e homossexualidade’ na Micareta » Rede Acontece
Últimas
24-03-2019 » 1.373 pessoas a bordo | Navio de cruzeiro que estava à deriva chega a porto na Noruega 24-03-2019 » Morto aos 82 anos | Opinião: Domingos Oliveira foi farol de inteligência na arte 24-03-2019 » Passou por 3 países | Sobe para 750 número de mortos após ciclone atingir sul da África 24-03-2019 » Deputado David Miranda | Substituto de Jean Wyllys comemora adoção com marido 24-03-2019 » Reuniu celebridades | Após polêmica, Baile da Vogue se reinventa e dá espaço à diversidade 24-03-2019 » Em meio à crise política | Joice critica colegas do PSL e diz que Congresso é um "zoo sem jaulas" 24-03-2019 » Campeonato Paulista | VAR é aprovado por FPF, mas revolta palmeirenses 24-03-2019 » Baixada Fluminense | Vereador de Japeri (RJ) é encontrado morto em carro 24-03-2019 » Jogo duro de Zak Brown | Chefe da McLaren pede mudanças e cogita saída da equipe da Fórmula 1 24-03-2019 » Articulações para reforma | Bolsonaro recebe líder do governo na Câmara para tratar de "aproximação" 24-03-2019 » Operação que prendeu Temer | Delator diz à PF que empresário detido era próximo a Eunício 24-03-2019 » "Prioridade é Previdência" | Após atritos, Maia exclui pacote anticrime de Moro da agenda da Câmara 24-03-2019 » Eles odeiam os pequenos | Mães contam como a aversão de estranhos a crianças afeta seus filhos 24-03-2019 » Entrevista | "Se você avaliar muito o Brasil, dá uma pirada", diz Bebel Gilberto 24-03-2019 » Método é mais eficiente | Oslo será a primeira cidade a recarregar táxis elétricos pelo ar
Publicidade
INTERSORFT 100 MEGA
corretora de seguros
14 de março de 2019

Vereador quer impedir ‘apologia à violência e homossexualidade’ na Micareta

Foto Reprodução

O vereador Edvaldo Lima (PHS), conhecido pelo posicionamento conservador, fez um pedido à Prefeitura de Feira de Santana para que artistas que façam “apologia a violência e homossexualidade” não sejam contratados para a Micareta 2019.  O vereador do PHS confirmou o pedido e reforçou que, entre as atrações indesejadas por ele estão Igor Kannário, Daniela Mercury e Pabllo Vittar. Neste ano, a micareta acontece entre os dias 25 e 28 de abril e a grade ainda não foi anunciada completamente. A intenção de Edvaldo Lima é de que o pedido impeça a contratação de cantores com este “perfil”. Até o momento estão confirmados Cláudia Leitte, Harmonia do Samba, Netinho, Cheiro de Amor, Banda Eva, Saulo, Bell Marques, Durval Lelys, Timbalada, e Xande de Pilares. No mesmo período, em 2018, o vereador já havia se mobilizado contra a participação de determinados artistas. Em entrevista à TV Caldeirão, Edvaldo Lima alegou que a população feirense não precisa de cantores que “incitem a violência” nem que “insinuem o casamento gay”. Na ocasião, chegou a dizer que Pabblo Vittar deveria sair “preso” do trio elétrico por “atentado ao pudor”.


VOLTAR