Vitória da Conquista: Borrifação é realizada pela Prefeitura para eliminar o mosquito Aedes aegypti » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 21-05-2019 » Mundial na França | Seleção feminina embarca para Copa e quer honrar pioneiras 21-05-2019 » Pode levar câmera? | Veja os itens proibidos pela organização para o show do BTS 21-05-2019 » Está com Marcola | Nº 2 do PCC pede para sair de presídio federal por falta de dignidade 21-05-2019 » Presos por corrupção | José Dirceu e Eduardo Cunha estão dividindo cela em Curitiba 21-05-2019 » Carro se partiu em 15 | Homem morre ao dirigir a 220 km/h e bater em carreta no Maranhão 21-05-2019 » Na Brasilândia | PM afasta suspeitos de agredir homem com voadora em SP 21-05-2019 » Ação de Impeachment no RJ | Empresas envolvidas em acusação contra Crivella foram negativadas após contrato ser renovado 21-05-2019 » Aviação | Câmara deve votar hoje MP que libera aérea estrangeira e mala grátis, diz líder do governo 21-05-2019 » Temem aumento da violência | Em carta aberta, 14 governadores pedem o cancelamento do decreto sobre armas 21-05-2019 » Criticou Olavo | Gritar "fora, Mourão" é uma burrice, diz general em evento pró-Bolsonaro no DF 21-05-2019 » Ação do Exército no Rio | Músico foi baleado por militares 8 vezes mesmo desacordado, diz denúncia 21-05-2019 » Barão de Cocais (MG) | "Brumadinho não sai da cabeça": como é a vida à sombra de mina que pode desmoronar 21-05-2019 » Transmissão na TV | Globo topa não multar Palmeiras e acordo se aproxima 21-05-2019 » Regras para 2020 | Conmebol veta times de 2ª divisão na Libertadores e Sul-Americana 21-05-2019 » Estreia no festival de Cannes | Crítica: Era Uma Vez em Hollywood, filme de Tarantino, é uma decepção monumental 21-05-2019 » Atos em 170 cidades | Planalto vê risco de ato pela educação afetar apoio à Reforma da Previdência 21-05-2019 » Atos marcados para domingo | Bolsonaro decide não ir a atos e orienta ministros a não participarem 21-05-2019 » Juca Kfouri | Moro não mexeu na cumbuca do futebol 21-05-2019 » Clóvis Rossi | Nicolás Maduro ganhou, oposição se rende 21-05-2019 » Diogo Schelp | Cristina Kirchner imita Putin com nomeação
Publicidade
INTERSORFT 100 MEGA
corretora de seguros
3 de fevereiro de 2016

Vitória da Conquista: Borrifação é realizada pela Prefeitura para eliminar o mosquito Aedes aegypti

Imagem Reprodução

Imagem Reprodução

As etapas de combate ao mosquito Aedes agypti envolvem o cuidado do poder público e da comunidade para evitar o acúmulo de água em vasilhames destampados, o levantamento do índice rápido de infestação (LIRAa), o tratamento e as orientações preventivas para eliminação das larvas e a borrifação para eliminar os mosquitos em áreas que existam casos notificados das doenças transmitidas pelo mosquito: dengue, Chikungunya e Zica. O Loteamento Santa Teresinha, por exemplo, foi uma das localidades recentemente beneficiadas com esses serviços. Após o tratamento de 100% das residências com o larvicida, cuja validade é de dois meses, e por conta das notificações de pessoas com suspeita de uma das três doenças, foi necessária a borrifação com inseticida para eliminar o mosquito em sua fase adulta. A ação foi realizada na tarde dessa terça-feira, 2. “Esta é uma etapa que só ocorre nos bairros que apresentam casos notificados, pois o inseticida acaba eliminando outros insetos.Mas reforçamos para a população que o ideal é que se elimine a larva, para não deixar o mosquito nascer e transmitir as doenças”, explica o supervisor da equipe de borrifação, Albino César Assis dos Anjos. E como bem reforça a campanha do Governo Federal, “não deixar o mosquito nascer, depende de todos nós”. A dona de casa Edilene Alves dos Santos, 40, mãe de David – que ainda não completou um ano de idade –, mora no loteamento há menos de um ano. Ela se preocupa com a proliferação do mosquito e das doenças tanto que fica em alerta. “Meu filho teve febre esta semana, levei no posto e, felizmente, era só seu dentinho nascendo”, lembra a dona de casa, ao receber os agentes em sua casa. “Eles passaram aqui, fizeram o tratamento e agora todos na casa estão tendo cuidado com água parada para não criarmos o mosquito”, assegura. Números das doenças – Até o dia 30 de janeiro, terça-feira, foram notificados 484 casos suspeitos para dengue, 12 para Zica e 1 para Chinkungunya. Todas as notificações aguardam resultado.


VOLTAR