Wagner diz que ex-presidente Lula "jamais se intimidará" » Rede Acontece
Publicidade
2 de março de 2016

Wagner diz que ex-presidente Lula “jamais se intimidará”

FOTO BRUMADO ACONTECE

FOTO BRUMADO ACONTECE

O ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, usou as redes sociais nesta segunda-feira, 29, para fazer uma defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ressaltar que as denúncias envolvendo o nome de Lula são “injustas” e o fortalecerão. A manifestação acontece pouco antes da confirmação da saída do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, do cargo. O substituto dele na função, Wellington Cesar, foi indicado por Wagner a Dilma. “O povo brasileiro pode ter certeza de que Lula jamais se intimidará. Em vez de enfraquecê-lo, como esperam seus adversários, os reiterados e injustos ataques dos quais tem sido vítima nas últimas semanas só aumentam a vontade dele de continuar lutando por um Brasil mais justo”, escreveu Wagner. “A verdade é que o maior líder popular do Brasil permanece forte e resiliente.” O ministro lembrou a participação de Lula na festa de 36 anos do PT neste fim de semana e disse que o ex-presidente está ainda mais motivado e disposto a defender o governo da presidente Dilma Rousseff “e o projeto de inclusão que ele representa.”


VOLTAR
1 de março de 2016

Wagner diz que ex-presidente Lula “jamais se intimidará”

FOTO BRUMADO ACONTECE

FOTO BRUMADO ACONTECE

O ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, usou as redes sociais nesta segunda-feira, 29, para fazer uma defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ressaltar que as denúncias envolvendo o nome de Lula são “injustas” e o fortalecerão. A manifestação acontece pouco antes da confirmação da saída do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, do cargo. O substituto dele na função, Wellington Cesar, foi indicado por Wagner a Dilma. “O povo brasileiro pode ter certeza de que Lula jamais se intimidará. Em vez de enfraquecê-lo, como esperam seus adversários, os reiterados e injustos ataques dos quais tem sido vítima nas últimas semanas só aumentam a vontade dele de continuar lutando por um Brasil mais justo”, escreveu Wagner. “A verdade é que o maior líder popular do Brasil permanece forte e resiliente.” O ministro lembrou a participação de Lula na festa de 36 anos do PT neste fim de semana e disse que o ex-presidente está ainda mais motivado e disposto a defender o governo da presidente Dilma Rousseff “e o projeto de inclusão que ele representa.”


VOLTAR